Frase da Semana

"DANE-SE A PERFEIÇÃO, PREFIRO A FELICIDADE."

(Daniel Piza)

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

FELIZ NATAL!



Amigos !
Mais uma vez, estamos vivendo o clima, o ambiente,
Os sentimentos e as emoções de uma grande festa.
Faltam apenas alguns dias para o Natal.
As luzes da cidade já estão acesas.
A natureza se veste de gala,
Ostentando luzes e cores diversas.
É o menino Jesus que vem ao nosso encontro
Procurando, outra vez, um lugar para nascer.
Vamos abrir espaços em nossos corações e
Deixemos que o Menino Deus faça dele a sua morada
E realize em nossas vidas seu plano de amor
Para que, assim, o verdadeiro sentido do Natal
Não se perca nas trocas de presentes e
Algumas palavras frias e sem sentidos.
Aproveito este clima de festa para desejar a você.
Um NATAL cheio de AMOR ... E de PERDÃO.
AMOR porque é no amor que encontramos
O verdadeiro sentido da vida.
PERDÃO, porque é através do perdão
Que damos ao amor o sentido mais pleno.
Mas, sobretudo, desejo que, quando todos
Se reunirem para celebrar o nascimento de Cristo,
Você receba do céu todas as bênçãos.
E que estas bênçãos se estendam a sua família.
Pois só a família é o símbolo de um Natal Feliz.
Desejo a você uma semana cheia de bênçãos!
E envio-lhe um abraço de verdade!
Feliz Natal!!!

domingo, 5 de dezembro de 2010

Descubra o novo




Quando uma pessoa chega diante do mar pela primeira vez,
fica impactada pela beleza e pela força que vê diante de si.
Já quem mora de frente para a praia, olha e não vê, vê e não
enxerga, enxerga e já não sente mais nada...
Quando um turista desce no aeroporto da cidade desejada,
quando vê monumentos e ruas que antes só via na TV,
quando percorre ruas que antes eram sonhos,
fica entusiasmado, tira milhares de fotos, compra postais
e jura que um dia vai voltar.
Quem mora ali mesmo, as vezes quer até se mudar...
Quando alguém se apaixona por uma pessoa,
move mundos e fundos para conquistar.
Faz coisas que parecem ridículas, contém seus vícios,
fala manso, ri muito, capricha nas roupas,
cerca a pessoa de todas as formas.
Depois de algum tempo da conquista, se transforma,
já não beija mais como antes, não leva flores, nem bombons,
esquece até de mudar de roupa, e por fim,
esquece do amor que nunca existiu...
Por isso, antes de encantar-se com o fim da viagem,
curta a estrada e seus contornos.
Antes de comer a comida saborosa,
cheire seus odores, aprecie a arrumação no prato,
coma devagar e aprecie cada sabor.
Antes de terminar o relacionamento, examine-se,
será que o que você cobra tanto, você oferece?
Antes de sair do emprego pergunte-se:
será que fiz o melhor pelo ambiente?
O encanto está nos nossos olhos, o
desencanto em nossos corações.
Por isso, deixe-se levar pela emoção todos os dias,
descubra o novo no velho, e faça de cada dia,
uma novidade pelos detalhes amorosos do seu ser.

Aprendendo a Amanhecer



Todo dia é um novo dia,
cheio de novas possibilidades,
novas pessoas e novas propostas.
A vida é um banquete.
Se fechamos os olhos e
ouvidos não conseguimos ver,
nem escutar os sons e imagens
que acontecem ao nosso redor.
Se fecharmos as portas do coração,
somos incapazes de sentir afeto, amor e gratidão.
Deixamos assim, o trem da existência passar,
enquanto pensamos nas perdas do passado
e nas possibilidades do futuro.

A Vida é AGORA.
É essa tendência boba de pensar só nas perdas
é que nos faz perder ainda mais.
Por mais quer a gente queira, ou não,
as coisas vão continuar acontecendo.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Aprendendo a Amanhecer

Todo dia é um novo dia, cheio de novas
possibilidades, novas pessoas e novas propostas.
A vida é um banquete.
Se fechamos os olhos e ouvidos
não conseguimos ver, nem escutar os sons e imagens
que acontecem ao nosso redor.
Se fecharmos as portas do coração,
somos incapazes de sentir afeto, amor e gratidão.
Deixamos assim, o trem da existência passar,
enquanto pensamos nas perdas do passado e
nas possibilidades do futuro.

A Vida é AGORA.
É essa tendência boba de pensar só nas perdas
que nos faz perder ainda mais.
Por mais que a gente queira, ou não,
as coisas vão continuar acontecendo.
Como um novo dia.

NEM TUDO É FÁCIL


NEM TUDO É FÁCIL

É difícil fazer alguém feliz,
assim como é fácil fazer triste.

É difícil dizer eu te amo,
assim como é fácil não dizer nada.

É difícil valorizar um amor,
assim como é fácil perdê-lo para sempre.


É difícil agradecer pelo dia de hoje,
assim como é fácil viver mais um dia.

É difícil enxergar o que a vida traz de bom,
assim como é fácil fechar os olhos e atravessar a rua.

É difícil se convencer de que se é feliz,
assim como é fácil achar que sempre falta algo.

É difícil fazer alguém sorrir,
assim como é fácil fazer chorar.

É difícil colocar-se no lugar de alguém,
assim como é fácil olhar para o próprio umbigo.

Se você errou, peça desculpas...
É difícil pedir perdão?

Mas quem disse que é fácil ser perdoado?
Se alguém errou com você, perdoa-o...

É difícil perdoar?
Mas quem disse que é fácil se arrepender?

Se você sente algo, diga...
É difícil se abrir?
Mas quem disse que é fácil encontrar alguém que queira escutar?

Se alguém reclama de você, ouça...
É difícil ouvir certas coisas?
Mas quem disse que é fácil ouvir você?

Se alguém te ama, ame-o...
É difícil entregar-se?
Mas quem disse que é fácil ser feliz?

Nem tudo é fácil na vida...
Mas, com certeza, nada é impossível...

Emagrecer é difícil...
Ficar gordo é fácil?

Lembrando:
Somos sempre muitas possibilidades!

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

O poder da escolha


O poder da escolha

A todo instante

fazemos escolhas em nossas vidas.

Até mesmo o fato de

não escolher, já é uma escolha.

Escolhemos sair

ou ficar em casa, escolhemos terminar o trabalho hoje ou deixar para

amanhã, se queremos

andar com fulano ou ciclano...

Tudo na vida é uma questão de escolha.

O fato

é que as escolhas têm conseqüências.

Todas

as escolhas têm conseqüências!

O que precisamos

avaliar é que ao decidirmos seguir um caminho, realizar um sonho,

conquistar uma meta

iremos pagar um preço por isso.

É uma escolha.

Podemos perder algo, mas também

podemos ganhar algo.

A dica é que você reflita sobre

suas atitudes, procure ser menos impulsivo e perceba que não existe

o certo

e o errado: tudo é uma questão de

valorização pessoal e uma avaliação sobre

"o que se ganha e o que se perde"

com cada escolha que

fazemos.

Não quero aqui, de forma alguma, pregar minha escala

de valores, tampouco julgar suas escolhas, apenas alertá-lo

que, se estiver consciente das conseqüências, talvez sua vida

comece a ter resultados mais acertados a cada dia.

Lembre-se: Todas

as escolhas têm conseqüências, reflita antes de agir.

E creia: você terá mais liberdade de dizer sim ou

não para os eventos de sua vida e com certeza irá se

arrepender

bem menos de resultados diferentes dos

esperados.

Falando em escolhas, que tal escolher

emagrecer com saúde, sem privação e

definitivamente?

Pode acreditar, para isso não existem muitas

alternativas.

Venha conhecer a Meta Real e aprender o

"como" se faz , e daí, você escolhendo

fazer este "como", o emagrecimento vai acontecer e

permanecer, porque assistindo nossas palestras, você vai aprender a

fazer boas escolhas alimentares e também aprender escolher a hora

certa para se alimentar.

Meta Real tem uma equipe de orientadoras

para que você possa ter a oportunidade de escolha.

Escolher e

tomar uma atitude, é disso que depende o seu sucesso.

Escolha

fazer uma boa escolha:

Meta Real na cabeça!!!!!!

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Chantilly Diet de Ricota




Depois de um longo inverno, estou de volta e com uma receitinha
muito prática, gostosa e light que a Vanda (aluna quarta/quinta) me
forneceu e que interessa a todos... quem não gosta de
chantilly? E ainda por cima diet? E mais... de ricota! Isso
mesmo: chantilly de ricota!

Vamos à receita!

Ingredientes:

2 xícaras de chá de ricota
amassada (300g)
1 colher de chá de essência de baunilha
(2ml)
3/4 de xícara de chá de leite desnatado
(105ml)
3/4 de xícara de chá de adoçante
granulado (24g)

Modo de preparo:

Peneire a ricota
com o auxílio de um garfo
Coloque no liquificador a ricota
peneirada, a baunilha, o leite desnatado e o adoçante.
Bata
aos poucos (pulsar) até obter um creme homogêneo.
Leve
à geladeira por aproximadamente 15 minutos

Tempo de preparo:
15 minutos

Rendimento:
10 porções

Valor calórico por porção:
56,6


ESTRADA PARA O SUCESSO…

ESTRADA PARA O SUCESSO…

A estrada para o sucesso não é uma reta…

Há uma curva chamada fracasso…

Um trevo chamado confusão…

Quebra molas chamados amigos…

Faróis de advertência chamados família…

E pneus furados chamados empregos…

Mas se você tiver um estepe chamado Fé, você chegará a um lugar chamado Sucesso!!!!

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Nunca desista de ser feliz!




Existem pedras,

Não desista de andar.

Existem barreiras,

Não desista de passar.

Existem os nós,

É preciso desatar.

Existe o desânimo,

É a pior coisa que há.

A estrada é longa,

Não desista de chegar.

Existe o cansaço,

É preciso caminhar.

Existe a derrota,

Você nasceu para ganhar.

Existe o desamor,

É fundamental amar.

Mas nunca desista de ser feliz!!!

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

"Comida não resolve tristeza"

Susie Orbach, psicanalista inglesa que tratou dos distúrbios alimentares de Lady Di, fala da relação das mulheres com a comida

"A comida não vai fazer nada além de matar a sua fome", diz a psicanalista

Fios brancos e rugas assumidas, Susie Orbach é a imagem daquilo que defende. Autora de nove livros sobre a ditadura dos padrões de beleza e transtornos alimentares, co-fundadora do Women Theraphy Centre, em Londres, em 1976, e uma das psicanalistas mais conceituadas da atualidade, ela ganhou notoriedade ao ser escolhida pela princesa Diana como sua terapeuta na luta contra a bulimia - distúrbio alimentar caracterizado pela ingestão exagerada de comida seguida de vômitos provocados.

Orbach critica a sociedade atual, seu medo exacerbado de gordura e o que chama de indústria da dieta. “Há um aumento da comida saudável, mas também há um aumento da obesidade. Temos medo de gordura, porém somos gordos. Estamos com medo de comer, então comemos o tempo todo ou não comemos nada”, disse ela, em entrevista ao Delas.

Para a psicanalista, o principal caminho a ser seguido é simples: reconhecer o que é a fome. “Se não tem fome e quer comer, a pergunta é “o que você quer realmente?” Porque a comida não te dará nada além de saciedade. Se você não sabe o que quer comer quando não está com fome, você quer qualquer coisa, menos comida. Você pode querer um abraço, chorar, conversar, se fechar, menos comida”, relata.

A relação entre comida e emoções, que costuma ser um grande problema tanto para a obesidade quanto para os transtornos alimentares, é alvo da . “Não adianta, o chocolate não resolve a tristeza. A única coisa possível nesse caso é senti-la. Você não precisa fugir dela, fazer com que ela passe, você pode senti-la, assim como pode sentir a felicidade”, afirma.

Se você pergunta para as pacientes o que elas acham que seriam se fossem magras, as respostas são assustadoras. São coisas como “Todo mundo ia me querer”, “Eu não teria dor”, “As coisas se resolveriam mais facilmente”. É preciso deixar claro que isso é uma fantasia e nunca seria verdade.

O fato das mulheres viverem fazendo dieta também não é uma forma de estar doente?
Segundo alguns dados, 96% mulheres estão em dieta. Acho que isso é um problema de saúde, porque há sempre uma ansiedade quando você come ou uma euforia, é sempre um plano que se faz. É uma doença. É uma angústia mental e não tenho dúvidas de que há implicações mentais nisso, mas não estudamos ainda essa relação.

Dizemos sempre “ah, é é tão bom que ela esteja fazendo dieta”, quando na verdade não é. As companhias alimentícias nos tornam completamente loucos com essa venda de produtos, principalmente para dieta. É claro que 97% das dietas fracassam, ou essas indústrias não teriam lucro, porque se a dieta der certo, você só usa o produto uma vez.

Há 50 anos as mulheres jejuam e comem demais, jejuam e comem demais – o corpo permanece o mesmo, a forma não muda, mas elas fazem isso e não necessariamente estão saudáveis. Temos que aprender a comer e a sermos felizes para sempre.

É muito difícil, é uma luta. Mas podemos fazer um paralelo com ir ao banheiro: você vai e pronto. Se tivéssemos uma regra que dissesse que não podemos fazer xixi hoje ou que temos que ir ao banheiro cinco vezes por dia, teríamos problemas psicológicos.

Precisamos nos regular novamente. Temos que descobrir quando estamos com fome, as pessoas precisam aprender o que é a fome, o que é apetite. Fome é bom, você pode escolher como responder a esse desejo. Se você se permite sentir a fome, você sente o gosto, não apenas nas duas primeiras garfadas, mas todo o sabor do alimento, de toda a refeição e dessa forma você vai saber quando parar porque você está consciente.

Fonte: IG Bem-estar (08/09/2010). Link: http://delas.ig.com.br/bemestar/comida+nao+resolve+tristeza/n1237770253814.html

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

COMILANÇA - Martha Medeiros


Eu teria dezenas de motivos para não entrar para a política, mas bastaria um para liquidar com a mais remota hipótese de eu vir a ser deputada, senadora, prefeita ou governadora de qualquer ponto do planeta: eu não como fora de hora. Não sou muito chegada a doce. E não experimentaria buchada de bode nem que me abrissem a boca a fórceps. Eu só como o que eu gosto e na hora que eu quero. Agora me diz se algum político pode se dar a esse luxo.

O presidente Lula é um bom garfo, sabemos todos. Sorte dele. Eu não poderia visitar a Fenadoce em caráter oficial. Teria que inventar que sou diabética. Também não poderia visitar comitês: não tomo cafezinho. E nem poderia conversar com populares num bar do centro da cidade: não consigo engolir um pastel às quatro da tarde.

Quando eu era pequena, cada vez que minha mãe dizia que iríamos visitar alguém, eu gelava. Teria que aceitar o que me oferecessem. Torta fria, salgadinhos suspeitos, olhos-de-sogra, fios de ovos: argh. Na minha família, recusar comer uma coisinha é ofensa de morte. Você põe os pés na casa de quem quer que seja e antes mesmo de você sentar já colocam um prato na sua frente. Não obrigada, eu adoro você, mas não estou com fome. Coma!!!

Às vezes visito escolas e dou uma passada na sala dos professores, Não quer um chazinho, uma bolachinha d’água? Não, obrigada. Dieta não pode ser você é tão magrinha... Não é isso, estou satisfeita obrigada. Coma!!!

Uma fatiazinha de rocambole, um algodãozinho doce, uma pizza de sardinha um naquinho do rosbife de ontem, prova. Não obrigada, mas aceito um copo deágua. Coma!!!

Agora imagine eu, que procuro ser sempre polida e gentil com todos, ter que dizer não justamente para aquilo do qual as pessoas mais se orgulham: seus dotes culinários. Cozinhar é um ato de amor, e, no entanto viro um iceberg diante de um sanduíche de ovo, de um risole de guisado, de um bolinho de aipim, a não ser que eu esteja roxa de fome, o que só costuma a acontecer ao meio-dia e à noite, horários em que estou na minha própria casa ou num bom restaurante. Eu tenho o hábito de dizer, por favor, com licença, bater na porta antes de entrar, conversar olhando nos olhos, ser pontual, responder todos os e-mails, então me sinto no direito de pedir singelamente: não me obriguem a comer só por educação. Permitam-me ser agradável de outras maneiras.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

A Importância do Vazio.


Abaixo um texto que está relacionado com tema da semana: Tralhas, Entulhos e Bagunças.

Tens o hábito de juntar objetos inúteis, crendo que um dia (não sabes quando) poderás precisar deles?
Tens o hábito de juntar dinheiro, pois pensas que no futuro poderá te fazer falta?
Tens o hábito de guardar roupas, brinquedos, sapatos, movéis, utensílios domésticos e outras coisas que já não usas há bastante tempo?
Tens o hábito de guardar o que sentes, broncas, ressentimentos, tristezas, medos, pessoas, etc...?
E dentro de ti?
Não faças isso! É anti-prosperidade. É preciso criar um espaço, um vazio, para que as coisas novas cheguem à tua vida.
É preciso eliminar o que é inútil em ti e na tua vida, para que a prosperidade venha. É a força desse vazio que absorverá e atrairá tudo o que tu desejas.
Enquanto estiveres material ou emocionalmente carregado de coisas velhas e inúteis, não haverá espaço aberto para novas oportunidades.
Os bens precisam circular... Limpa as gavetas, os armários, o teu quarto, a garagem.
Dá o que tu já não usas. A atitude de guardar um montão de coisas inúteis amarra a tua vida.
Não são os objetos guardados que param a tua vida, mas o significado da atitude de guardar.
Quando se guarda, considera-se a possibilidade de falta, de carência.
É acreditar que amanhã poderá faltar e tu não terás meios de prover às tuas necessidades.
Com essa postura, tu estás a enviar duas mensagens para o teu cérebro e para a tua vida:
1º) Tu não confias no amanhã
2º) Tu crês que o novo e o melhor NÃO são para ti, já que te alegras com guardar coisas velhas e inúteis.
Renove-se.
Limpa também a tua alma.
Jogue fora os ressentimentos, as mágoas, os medos, os desentendimentos, as tristezas…
Essas coisas amarram a tua vida.
Guarde somente alegrias, carinhos, felicidades, confiança, fé, amigos, bondade, AMOR...
Coisas que fazem você voar alto.

Vende-se Tudo



Para completar a palestra da semana:

"No mural do colégio da minha filha encontrei um cartaz escrito por uma mãe, avisando que estava vendendo tudo o que ela tinha em casa, pois a família voltaria a morar nos Estados Unidos.
O cartaz dava o endereço do bazar e o horário de atendimento.
Uma outra mãe, ao meu lado, comentou:
- Que coisa triste ter que vender tudo que se tem.
- Não é não, respondi, já passei por isso e é uma lição de vida.
Morei uma época no Chile e, na hora de voltar ao Brasil, trouxe comigo apenas umas poucas gravuras, uns livros e uns tapetes. O resto vendi tudo, e por tudo entenda-se:
fogão, camas, louça, liquidificador, sala de jantar, aparelho de som, tudo o que compõe uma casa.
Como eu não conhecia muita gente na cidade, meu marido anunciou o bazar no seu local de trabalho e esperamos sentados que alguém aparecesse.
Sentados no chão. O sofá foi o primeiro que se foi. Às vezes o interfone tocava às 11 da noite e era alguém que tinha ouvido comentar que ali estava se vendendo uma estante.
Eu convidava pra subir e em dez minutos negociávamos um belo desconto. Além disso, eu sempre dava um abridor de vinho ou um saleiro de brinde, e lá se iam meus móveis e minhas bugigangas.
Um troço maluco: estranhos entravam na minha casa e desfalcavam o meu lar, que a cada dia ficava mais nu, mais sem alma. No penúltimo dia, ficamos só com o colchão no chão, a geladeira e a tevê.
No último, só com o colchão, que o zelador comprou e, compreensivo, topou esperar a gente ir embora antes de buscar. Ganhou de brinde os travesseiros.
Guardo esses últimos dias no Chile como o momento da minha vida em que aprendi a irrelevância de quase tudo o que é material.
Nunca mais me apeguei a nada que não tivesse valor afetivo. Deixei de lado o zelo excessivo por coisas que foram feitas apenas para se usar, e não para se amar.
Hoje me desfaço com facilidade de objetos, enquanto que torna-se cada vez mais difícil me afastar de pessoas que são ou foram importantes, não importa o tempo que estiveram presentes na minha vida... Desejo para essa mulher que está vendendo suas coisas para voltar aos Estados Unidos a mesma emoção que tive na minha última noite no Chile.
Dormimos no mesmo colchão, eu, meu marido e minha filha, que na época tinha 2 anos de idade. As roupas já estavam guardadas nas malas. Fazia muito frio.
Ao acordarmos, uma vizinha simpática nos ofereceu o café da manhã, já que não tínhamos nem uma xícara em casa. Fomos embora carregando apenas o que havíamos vivido, levando as emoções todas: nenhuma recordação foi vendida ou entregue como brinde.
Não pagamos excesso de bagagem e chegamos aqui com outro tipo de leveza.... só possuímos na vida o que dela pudermos levar ao partir É melhor refletir e começar a trabalhar o DESAPEGO JÁ !"
Martha Medeiros

domingo, 8 de agosto de 2010

Teatro VIVO - 06/08/2010

No Teatro VIVO
Eu e o Thiago Mendonça ator de "Olhe para trás com raiva".

Saco de batatas


Saco de batatas

O professor pediu para que os alunos levassem batatas e uma bolsa de plástico para a aula.

Ele pediu para que separassem uma batata para cada pessoa de quem sentiam mágoas, escrevessem os seus nomes nas batatas e as colocassem dentro da bolsa.

Algumas das bolsas ficaram muito pesadas. A tarefa consistia em, durante uma semana, levar a todos os lados a bolsa com batatas. Naturalmente a condição das batatas foi se deteriorando com o tempo.

O incômodo de carregar a bolsa, a cada momento, mostrava-lhes o tamanho do peso espiritual diário que a mágoa ocasiona, bem como o fato de que, ao colocar a atenção na bolsa, para não esquecê-la em nenhum lugar, os alunos deixavam de prestar atenção em outras coisas que eram importantes para eles.

Esta é uma grande metáfora do preço que se paga, todos os dias, para manter a dor, a bronca e a negatividade. Quando damos importância aos problemas não resolvidos ou às promessas não cumpridas, nossos pensamentos enchem-se de mágoa, aumentando o stress e roubando nossa alegria.

Perdoar e deixar estes sentimentos irem embora é a única
forma de trazer de volta a paz e a calma.
Jogue fora suas "batatas".

O alívio desse peso energético pode ser de grande valia para facilitar a eliminação do excesso de peso físico.

Seu tempo é hoje, não viva no passado.
Para complementar uma frase de Paulo Coelho:
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira.
Deixa de ser quem era e se transforme em quem você é!

domingo, 25 de julho de 2010

Calendário Especial

Hoje vou apagar do meu calendário especial dois dias:
O ontem e o amanhã!
Ontem foi para aprender!
Amanhã será uma conseqüência do que posso fazer hoje.
Hoje enfrentarei a vida com a convicção de que este dia nunca mais retornará.
Hoje é a última oportunidade que tenho de viver intensamente.
Já que ninguém me assegura que amanhã verei o amanhecer.
Hoje terei coragem para não deixar passar as oportunidades que se apresentam, que são as minhas chances de triunfar!
Hoje aplicarei a minha riqueza mais apreciada:
O meu tempo!
Meu trabalho mais transcendental:
A minha vida!
Passarei cada minuto apaixonadamente para transformar este dia num único e no melhor dia da minha vida!
Hoje vencerei cada obstáculo que surgir no meu caminho acreditando que vencerei!
Hoje resistirei ao pessimismo e conquistarei o mundo com um sorriso com uma atitude positiva esperando sempre o melhor!
Hoje usarei o tempo para ser feliz!
Com a certeza de ter o melhor dia da minha vida:
hoje!!!!!

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Faça acontecer


Quase não existe diferença visível entre o atleta vencedor e o que chega por último.

Ambos possuem o mesmo número de músculos para trabalhar.

Ambos jogam com as mesmas regras e usam equipamentos semelhantes.

Porém, o vencedor é o que tem a determinação de vencer.

É aquele que faz o que é preciso.

Treina dia após dia, se esforça um pouco mais a cada treino, é capaz de visualizar sua passagem pela linha final à frente do resto.

Tanto o vendedor melhor pago quanto aquele que raramente realiza uma venda, possuem os mesmos talentos e recursos. A diferença está no que eles fazem com o que têm.

Tanto o escritor que mais vende quanto o que nunca publicou nada, possuem o mesmo dicionário cheio de palavras para trabalhar.

A diferença está no que eles fazem com o que têm.

Você já possui a matéria-prima para o sucesso e a realização.

Você possui o necessário para atingir a grandiosidade em tudo.

Você tem dentro de si o potencial para conquistas extraordinárias.

Ninguém é mais nem menos equipado para o sucesso do que você.

Mas é você quem deve fazer acontecer. É você quem tem que assumir o compromisso e fazer o que for necessário para atingir a grandiosidade de que é capaz.

Você tem o que é preciso.

Faça acontecer!

sexta-feira, 2 de julho de 2010

CONTROLE


CONTROLE

Controle não é passar fome , mas comer na hora em que seu corpo está precisando de alimentação.

Controle é você comer o que precisa e não ser “comido” por qualquer alimento “tentador”.

Controle é você no comando!

Para um grande número de pessoas, não é o que elas comem nas refeições que as fazem engordar, e sim, o quem comem o resto do tempo é que faz “os estragos’

Basicamente todos os seres humanos necessitam de quatro tipos de nutrição:

FÍSICA, EMOCIONAL, INTELECTUAL E ESPIRITUAL.

O alimento de cada um não nutre o outro!

Alimentos da mente: pensamentos bons, limpos, poderosos, positivos e inspiradores.

Alimentos do corpo: arroz, feijão, carnes, batata, verduras e frutas.

Quando a mente pede e você dá para o corpo, a mente continua pedindo porque está faminta.

O corpo reage, querendo explodir!

Só você não percebe!

(Maria Eliza Zuccon – criadora do Método Tático de Reeducação Alimentar)

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Apenas um passo


Não importa há quanto tempo você esteja andando para o Norte, com apenas um passo você é capaz de andar para o Sul.
O que é preciso para dar uma volta de 180º na sua vida?
Apenas um passo.

Você está a apenas um passo de uma dieta mais equilibrada, a um passo de melhorar suas finanças pessoais, a um passo de ser um profissional muito melhor, a um passo de ter um relacionamento mais gratificante.

Daqui a um minuto, seus piores problemas podem estar todos atrás de você, ao invés de estarem na sua frente. Com apenas um passo, o melhor dia da sua vida pode ainda estar por vir, e não estar perdido em algum lugar do passado distante.

Num instante, todas as energias negativas na sua vida podem ser redirecionadas para alguma coisa positiva. Apenas um passo é necessário para romper essa inércia, e dar à sua vida o rumo que você realmente gostaria que ela tivesse.
.
Quem sabe seu próximo passo seja para uma das reuniões da Meta Real?
Durante toda semana e em diversos horários, você sempre encontrará uma das orientadoras pronta para te ajudar.
Esperamos vocês, consulte nossos horários e dê apenas um passo em direção ao seu emagrecimento definitivo.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

A Cor dos olhos



Como anda seu entusiasmo em relação ao emagrecimento?
E o otimismo?
Ou será pessimismo?
Aqui fora é somente uma cópia do original.
Aqui fora é o reflexo do seu interior.
O seu físico é a terceira dimensão do que você não vê, mas sente...
Se não mudar o original, a cópia continua a mesma.
O bom é que o original pode ser alterado e quando isso acontece, tudo aqui fora também se modifica.O texto abaixo ilustra bem tudo isso.
Leia e pense no assunto.
Ah! também tem as reuniões da Meta Real para dar uma mãozinha....

A Cor dos olhos
O ancião descansava sentado em velho banco à sombra de uma árvore, quando foi abordado pelo motorista de um automóvel que estacionou a seu lado:
- Bom dia!
- Bom dia! Respondeu o ancião.
- O senhor mora aqui?
- Sim, há muitos anos...
- Venho de mudança com a minha família e gostaria de saber como é o povo daqui. Como o senhor vive aqui há tanto tempo deve conhecê-lo muito bem.
- É verdade, falou o ancião. Mas por favor, me fale antes da cidade de onde vem.
- Ah! É ótima. Maravilhosa! Gente boa, fraterna... Eu e minha família fizemos lá muitos amigos. Só a deixei por imperativos da profissão.
- Pois bem, meu filho. Esta cidade é exatamente igual. Vai gostar daqui.
O forasteiro agradeceu e partiu. Minutos depois apareceu outro motorista e também se dirigiu ao ancião:
- Estou chegando para morar com minha família aqui. O que me diz do lugar?
O ancião lançou-lhe a mesma pergunta: - Como é a cidade de onde vem?
- Horrível! Povo orgulhoso, cheio de preconceitos, arrogante! Não fiz um único amigo naquele lugar horroroso!
- Sinto muito, meu filho, pois aqui você encontrará o mesmo ambiente...
Todos vemos no mundo e nas pessoas e na família algo do que somos, do que pensamos, de nossa maneira de ser. Se somos nervosos, agressivos ou pessimistas, veremos tudo pela ótica de nossas tendências, imaginando conviver com gente assim.
Em outras palavras, o mundo, a cidade, a família tem a cor que lhe damos através das nossas lentes. Se nossas lentes estão escurecidas pelo pessimismo, tudo à nossa volta nos parecerá escuro.
Tudo, para nós, parecerá constantemente envolto em trevas. Se nossas lentes estão turvadas pelo desânimo, o universo que nos rodeia se apresenta desesperador.
Mas, se ao contrário, nossas lentes estão clarificadas pelo otimismo, sentiremos que em todas as situações há aspectos positivos. Se o entusiasmo é o detergente das nossas lentes, perceberemos a vida em variados matizes de luzes e cores.
A cor do mundo, da cidade e da família, portanto, depende da nossa ótica.
O exterior estará sempre refletindo o que levamos no interior


quarta-feira, 2 de junho de 2010

Informações importantes sobre obesidade.


COMIDA QUE VICIA!!!!
.
.
Fique ligado na tabela nutricional dos seus alimentos preferidos, pois novo estudo alerta: uma dieta com alimentos gordurosos possui elementos que viciam.
Os cientistas do Scripps Research Institute, no estado americano da Flórida, afirmam que os mecanismos no organismo que provocam vício e drogas são os mesmos que geram a compulsão por comer alimentos calóricos.
Além disso, assim como o vício em drogas como a cocaína, a compulsão por comidas gordurosas - como doces e frituras - é extremamente difícil de ser combatida.
A equipe explica que o receptor D2 responde à dopamina, um neurotransmissor que está relacionado à percepção de prazer - como o provocado por comida, sexo ou drogas.
Quando há excesso no consumo de drogas o cérebro recebe grande quantidade de dopamina, aumentando a sensação de prazer.
O mesmo acontece com dietas gordurosas, respondendo cada vez menos aos estímulos, fazendo com que as cobaias do teste comessem cada vez mais, tornando-se obesas.
.
.
OBESIDADE PRECOCE!!!!
O perigo da obesidade nas crianças pode ser mais precoce do que se pensava.
Cientistas norte-americanos indicam que tendência à obesidade costuma ser definida antes mesmo dos 2 anos de idade.
O estudo reuniu mais de cem crianças e adolescentes obesos e constatou que mais da metade deles já estava acima do peso antes dos dois anos.
Mais do que isso: antes dos cinco anos, 90% deles já demonstravam sinais de obesidade.
Os cientistas também alertam que as preferências alimentares já podem estar definidas antes dos dois anos de idade e que pode ser difícil modificar os hábitos das crianças mais tarde.
Por isso é importante potencializar no bebê, desde cedo, o gosto por uma alimentação saudável, pois é difícil mudar o comportamento alimentar na juventude.
.
(Fonte das informações: Revista Ciência e Vida - Psique nº 53)

segunda-feira, 24 de maio de 2010

O Caminho


O caminho até o emagrecimento só existe se você o fizer, e durante o trajeto vai se deparar com obstáculos, também com "atalhos" (fórmulas) que prometem facilitar a caminhada e acabam afastando mais o seu objetivo.
Siga o caminho certo, aquele que a natureza indica: reeducação alimentar, sem privação nem abuso, simplesmente o equilíbrio, comer "de tudo" e não "tudo", na hora certa e não o dia inteiro.
Só se aprende um caminho passando por ele, transpondo obstáculos e não caindo de paraquedas. Emagrecimento definitivo, só aquele que eu vivenciar, passo a passo, o que na verdade funciona para todas as conquistas que fizermos.
.
.
Achei o texto que segue bem adequado para o momento:
.
.
"De tudo ficaram três coisas:
.
a certeza de que estamos sempre começando...
a certeza de que precisamos continuar...
a certeza de que seremos interrompidos antes de terminar...
.
Portanto devemos:
.
fazer da interrupção, um caminho novo
da queda, um passo de dança
do medo, uma escada
do sonho, uma ponte
da procura, um encontro"
(Fernando Sabino)

terça-feira, 11 de maio de 2010

Vale a pena


Vale a pena a tentativa e não o receio...
Vale a pena confiar e nunca ter medo...
Vale a pena encarar e não fugir da realidade, por mais difícil que ela seja...
Ainda que fracasse, vale a pena lutar...
Vale a pena discordar do melhor amigo e não apoiá-lo em suas atitudes erradas...
Vale a pena corrigi-lo...
Vale a pena encarar-me no espelho e ver se estou certo ou errado...
Vale a pena procurar ser o melhor...
Vale a pena perseverar, porque desta forma sua meta é alcançada.
Vale a pena ter fé
Vale à pena viver a vida.
Lembrando que:
O momento inicial de um desenvolvimento é também, a fase mais frágil do próprio desenvolvimento.
Relações ou projetos que nascem precisam de uma certa lentidão para serem maturados.
Se tiver muita pressa, não saberá nem o que ganhou e nem o que perdeu.
Sucesso a todos.
Aurora Augusto.

sábado, 1 de maio de 2010

O Significado das Doenças


O Significado das Doenças


Segundo a psicóloga americana Louise L. Hay, todas as doenças que temos são criadas por nós. Afirma ela que somos 100% responsáveis por tudo de ruim que acontece no nosso organismo.
"Todas as doenças tem origem num estado de não-perdão. Sempre que estamos doentes, necessitamos descobrir a quem precisamos perdoar. Quando estamos empacados num certo ponto, significa que precisamos perdoar mais. Pesar, tristeza, raiva e vingança são sentimentos que vieram de um espaço onde não houve perdão. Perdoar dissolve o ressentimento."
A seguir, você vai conhecer uma relação de algumas doenças e suas prováveis causas, elaboradas pela psicóloga Louise. Reflita.
Vale à pena tentar evitá-las.
DOENÇAS / CAUSAS:
AMIGDALITE: Emoções reprimidas, criatividade sufocada.
ANOREXIA: Ódio ao externo de si mesmo.
APENDICITE: Medo da vida. Bloqueio do fluxo do que é bom.
ARTERIOSCLEROSE: Resistência. Recusa em ver o bem.
ARTRITE: Crítica conservada por longo tempo.
ASMA: Sentimento contido, choro reprimido.
BRONQUITE: Ambiente família inflamado. Gritos, discussões.
CÂNCER: Magoa profunda, tristezas mantidas por muito tempo.
COLESTEROL: Medo de aceitar a alegria.
DERRAME: Resistência. Rejeição a vida.
DIABETES: Tristeza profunda.
DIARREIA: Medo, rejeição, fuga.
DOR DE CABEÇA: Autocrítica, falta de autovalorização.
ENXAQUECA: Raiva reprimida. Pessoa perfeccionista.
FIBROMAS: Alimentar mágoas causadas pelo parceiro.
GASTRITE: Incerteza profunda. Sensação de condenação.
HEMORRÓIDAS: Medo de prazos determinados. Raiva do passado.
HEPATITE: Raiva, ódio. Resistência a mudanças.
INSÔNIA: Medo, culpa.
LABIRINTITE: Medo de não estar no controle.
MENINGITE: Tumulto interior. Falta de apoio.
NÓDULOS: Ressentimento, frustração. Ego ferido.
PELE (Acne): Individualidade ameaçada. Não aceitar a si mesmo.
PNEUMONIA: Desespero. Cansaço da vida.
PRESSÃO ALTA: Problema emocional duradouro não resolvido.
PRESSÃO BAIXA: Falta de amor em criança. Derrotismo.
PRISÃO DE VENTRE: Preso ao passado. Medo de não ter dinheiro suficiente.
PULMÕES: Medo de absorver a vida.
QUISTOS: Alimentar mágoa. Falsa evolução.
RESFRIADOS: Confusão mental, desordem, mágoas.
REUMATISMO: Sentir-se vitima. Falta de amor. Amargura.
RINITE ALÉRGICA: Congestão emocional. Culpa, crença em perseguição.
RINS: Crítica, desapontamento, fracasso.
SINUSITE: Irritação com pessoa próxima.
TIREOÍDE: Humilhação.
TUMORES: Alimentar mágoas. Acumular remorsos.
ÚLCERAS: Medo. Crença de não ser bom o bastante.
VARIZES: Desencorajamento. Sentir-se sobrecarregado.
Curioso, não?
"Por isso, vamos tomar cuidado com os nossos sentimentos, principalmente daqueles que escondemos de nós", conclui a psicóloga.

quinta-feira, 22 de abril de 2010


"Nós sempre precisamos de amigos;
gente que seja capaz de nos indicar direções,
despertar o que temos de melhor e ajudar a retirar os excessos, que nos tornam pesados.
É bom ter amigos.
Eles são pontes que nos fazem chegar aos aos lugares mais distantes de nós mesmos."
(Pe. Fábio de Mello)


Se você está precisando de auxílio para emagrecer vá conhecer Meta Real, lá encontrará em cada orientadora uma ponte para alcançar aquilo que talvez nem imagina que possa chegar perto:
o emagrecimento definitivo.

segunda-feira, 12 de abril de 2010


... é com muita alegria e satisfação que comunico meu retorno à reunião de quinta-feira, 10h da manhã, na sede central.

Para quem acompanha meu trabalho este pode ser mais um horário alternativo para seguirem a Meta Real comigo.

Escolhi a frase acima porque, com certeza, a gratificação que sempre tive em dar palestra neste horário contribuiu para que eu retornasse.

Então, próxima quinta-feira, dia 15/04 - 10hrs, aguardo vocês!


Agradeço a todos.

Aurora.

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Quando me amei de verdade




Quando me amei de verdade,
pude compreender
que em qualquer circunstância,
eu estava no lugar certo,
na hora certa.
Então pude relaxar.

Quando me amei de verdade,
pude perceber que o
sofrimento emocional é um sinal
de que estou indo contra a minha verdade.

Quando me amei de verdade,
parei de desejar que a minha vida
fosse diferente e comecei a ver
que tudo o que acontece contribui
para o meu crescimento.

Quando me amei de verdade,
comecei a perceber como
é ofensivo tentar forçar alguma coisa
ou alguém que ainda não está preparado
- inclusive eu mesma.

Quando me amei de verdade,
Comecei a me livrar de tudo
que não fosse saudável.
Isso quer dizer: pessoas, tarefas,
crenças e - qualquer coisa que
me pusesse pra baixo.
Minha razão chamou isso de egoismo.
Mas hoje eu sei que é amor-próprio.

Quando me amei de verdade,
deixei de temer meu tempo livre
e desisti de fazer planos.
Hoje faço o que acho certo
e no meu próprio ritmo.
Como isso é bom!

Quando me amei de verdade,
desisti de querer ter sempre razão,
e com isso errei muito menos vezes.

Quando me amei de verdade,
desisti de ficar revivendo o passado
e de me preocupar com o futuro.
Isso me mantém no presente,
que é onde a vida acontece.

Quando me amei de verdade,
percebi que a minha mente
pode me atormentar e me decepcionar.
Mas quando eu a coloco
a serviço do meu coração,
ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Kim McMillen


Oração da Auto-estima


Sou perfeito, alegre e forte
Tenho amor e muita sorte
Sou feliz e inteligente
Vivo positivamente
Tenho paz, sou um sucesso
Tenho tudo o que eu peço
Acredito firmemente
no poder da minha mente
Porque é Deus no meu subconsciente...

(Lauro Trevisan)

domingo, 14 de março de 2010

Epitáfio

Epitáfio
Titãs
Composição: Sérgio Britto

video

Instantes


Se eu pudesse viver novamente a minha vida,
na próxima trataria de cometer mais erros.
Não tentaria ser tão perfeito, relaxaria mais.
Seria mais tolo ainda do que tenho sido;
na verdade, bem poucas pessoas
levariam a sério.
Seria menos higiênico. Correria mais riscos,
viajaria mais, contemplaria mais entardeceres,
subiria mais montanhas, nadaria mais rios.
Iria a mais lugares onde nunca fui,
tomaria mais sorvete e menos lentilha,
teria mais problemas reais e menos imaginários.
Eu fui uma dessas pessoas que viveu
sensata e produtivamente
cada minuto da sua vida.
Claro que tive momentos de alegria.
Mas, se pudesse voltar a viver,
trataria de ter somente bons momentos.
Porque, se não sabem, disso é feito a vida:
só de momentos - não percas o agora.
Eu era um desses que nunca ia a parte alguma
sem um termômetro, uma bolsa de água quente,
um guarda-chuva e um pára-quedas;
se voltasse a viver, viajaria mais leve.
Se eu pudesse voltar a viver,
começaria a andar descalço
no começo da primavera
e continuaria assim até o fim do outono.
Daria mais voltas na minha rua,
contemplaria mais amanheceres
e brincaria com mais crianças,
se tivesse outra vez uma vida pela frente.
Mas, já viram, tenho 85 anos e sei que estou morrendo.
De Nadine Stair – Atribuído a Jorge Luís Borges

terça-feira, 9 de março de 2010

Eu recomendo, show maravilhoso!

Leila Pinheiro e... EU!

O perigo das dietas da moda

Abaixo uma matéria extraída do blog "Comer Sem Culpa" (UOL) e que tem tudo a ver com o tema da palestra desta semana.

Dieta do Dr Atkins, Dieta Espiritual, Dieta de South Beach, Dieta de Beverlly Hills, Dieta da USP, Dieta Ortomolecular, Dieta de Hollywood e finalmente, veio para arrasar, a Dieta do Tipo Sanguíneo... Há muitas outras que vocês devem conhecer melhor do que eu. O que elas têm em comum, além da completa falta de base científica? Elas emagrecem, e muito. Vocês sabem por quê? Porque todas elas contém menos calorias do que gastamos, e essa é a única condição para uma dieta emagrecer uma pessoa. Por outro lado, elas não têm nenhum compromisso com nossas necessidades nutricionais. São monótonas, não são balanceadas, omitem alimentos importantes e são, muitas vezes, de sabor tão ruim que não vemos a hora de terminarmos o regime para voltarmos a comer como antes, inviabilizando qualquer sonho de manutenção. Portanto, meus caros, desacreditem delas! Desacreditem das perdas fáceis, dos medicamentos milagrosos, das práticas médicas não consagradas e não avalizadas pelo mundo acadêmico. Desacreditem dos procedimentos que não têm consenso, praticados por uns poucos. Desacreditem do que não é ensinado nos bancos das escolas de medicina. E acreditem muito no poder de cada um em mudar a própria história e a própria doença, principalmente, quando a nossa doença está sendo causada por nossos maus hábitos.

Fonte:

terça-feira, 2 de março de 2010

Dicas da semana


Se achar que precisa voltar,
Volte

Se perceber que precisa seguir,
Siga

Se estiver tudo errado,
Comece novamente

Se estiver tudo certo,
Continue

Se sentir saudades,
Mate-a

Se perder um amor,
Não se perca

Se achá-lo,
Segure-o


quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

NA CANOA



Em um largo rio, de difícil travessia, havia um barqueiro que atravessava as pessoas de um lado para o outro.

Em uma das viagens, iam um advogado e uma professora.

Como quem gosta de falar muito, o advogado pergunta ao barqueiro:

- Companheiro, você entende de leis?

Não. - Responde o barqueiro.

E o advogado compadecido:

- É pena, você perdeu metade da vida!A professora, muito social entra na conversa:

- Seu barqueiro, você sabe ler e escrever?

Também não. - Responde o remador.

- Que pena! - Condói-se a mestra - Você perdeu metade da vida!

Nisso chega uma onda bastante forte e vira o barco.

O canoeiro preocupado pergunta:- Vocês sabem nadar?

Não! - Responderam eles rapidamente.

- Então é uma pena - Conclui o barqueiro

- Vocês perderam toda a vida!

“Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes.”

(Paulo Freire)

Pense nisso e valorize todas as pessoas com as quais tenha contato.

Cada uma delas tem algo de diferente para ensinar...

Nem que seja o exercício da paciência para poder suportá-las!

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Proteste constata desequilíbrio nutricional em shakes para emagrecer


Tomar shakes para substituir refeições e emagrecer pode ser perigoso, indica avaliação da Proteste, Associação Brasileira de Defesa do Consumidor. De cinco produtos testados, nenhum possui equilíbrio nutricional suficiente.

Os shakes testados foram Bio Slim, Diet Shake, Diet Way, Herbalife e In Natura no sabor chocolate. Praticamente todos fornecem carboidratos e proteínas demais e gordura de menos. Herbalife e In Natura têm taxas de carboidratos dentro dos parâmetros ideais.

A associação não recomenda o consumo frequente de shakes sem orientação adequada de um especialista, pois o emagrecimento rápido poderá vir à custa de perda de músculos e água, não de gordura.

Segundo a Proteste, o consumo em excesso de proteína, a longo prazo, pode acarretar problemas renais e hepáticos e perda de cálcio pelo organismo. Apesar de os produtos estarem dentro dos limites legais, o órgão acredita que a quantidade não deva ultrapassar 10 a 15% do valor energético do produto. Em média, os shakes apresentam 32% de proteína.

A gordura, por sua vez, aparece em baixíssima quantidade, mas o corpo precisa de lipídios para absorver vitaminas e sintetizar hormônios, diz a entidade. Já com relação às fibras, para substituir uma grande refeição, os shakes deveriam ter cerca de 10 gramas de fibra por porção, porém nenhum deles chega nem perto deste valor.

Uma dieta saudável também precisa de carboidratos, cerca de 50 a 60%, de acordo com a Proteste, mas três dos shakes fornecem mais do que isso, apesar de possuírem valor energético baixo -de 190 kcal (Herbalife) a 230 kcal (Diet Shake) – já misturados com leite.

A Associação alerta ainda que Diet Shake e Herbalife não têm data de fabricação, sendo que o segundo também não informa a validade após aberto. O shake DreamWeek – Light Shake não tem registro no Ministério da Saúde (obrigatório em alimentos para controle de peso). Assim, não se enquadra na portaria que regula os shakes e não foi testado.

Em comunicado a imprensa, a Herbalife diz que não reconhece o teste uma vez que o instituto não fundamentou os critérios de avaliação, se posicionou de forma contrária à legislação vigente no Brasil e não seguiu as instruções de preparo que constam no rótulo do produto - distorcendo seu perfil nutricional como substituto parcial de refeição.


quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

O ponto de poder.

Abaixo segue um vídeo que ilustra muito bem aquilo que sempre coloco nas palestras:
O ponto de poder está dentro de cada um de nós, esperando ser acionado para as coisas começarem a acontecer.
Não espere mais:
O lugar é aqui.
O momento é agora.
Sucesso.

video

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Receita da vida (Ingredientes)



Família ( é aqui que tudo começa )
Amigos ( nunca deixe faltar )
Raiva ( se existir que seja pouca )
Desespero ( pra quê )
Paciência ( a maior possível )
Lágrimas ( enxugue todas )
Sorrisos ( os mais variados )
Paz ( em grande quantidade )
Perdão ( á vontade )
Desafetos ( se possível nenhum )
Esperança ( não perca jamais )
Coração ( quanto maior melhor )
Amor ( pode abusar )
Carinho ( essencial )

MODO DE PREPARAR
Reúna a sua família e seus amigos....
Esqueça os momentos de raiva e desespero passados.
Se precisar use toda sua paciência....
Enxugue as lágrimas e as substitua por sorrisos..
Junte a paz e o perdão e ofereça os seus desafetos.
Deixe a esperança crescer no seu coração....
Nem sempre os ingredientes da vida são gostosos, por tanto saiba misturar todos os temperos que ela oferece,
e faça dela um prato de raro sabor)....

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Reveillon em NY.


Karina (minha filha) e Renzo (meu neto) para vocês conhecerem. Não são lindos?

Recomendo



Este livro de Dan Brown, mesmo autor de O Código Da Vinci, é maravilhoso! Não consigo parar de ler.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Estudo indica que ser gordo pode ser pior do que fumar


Para pesquisadores, a obesidade é a principal responsável pelo aumento assustador de doenças crônicas como a diabetes, a hipertensão e os distúrbios cardiovasculares.

Estar muito acima do peso pode ser pior para a saúde do que fumar, indica um estudo publicado na edição de janeiro do American Journal of Public Health. Segundo os pesquisadores daUniversidade de Columbia e da City College of New York, que trabalharam em parceria durante 15 anos, o cigarro ainda causa mais mortes em todo mundo, mas a obesidade é a principal responsável pelo aumento assustador de doenças crônicas como a diabetes, a hipertensão e os distúrbios cardiovasculares. No Brasil, 40% da população está acima do peso, segundo dados daOrganização Mundial de Saúde.

O levantamento feito de 1993 a 2008 acompanhou o histórico médico de 3,5 milhões de americanos. Nesta época, o índice de fumantes nos EUA caiu 18.5% e o de obesos aumentou 85%. A partir dos dados fornecidos, os pesquisadores calcularam quantos dias de trabalho ou de estudos eram perdidos por motivos ligados ao fumo ou à obesidade. Os fumantes ficavam doentes cerca de 16 dias por ano, enquanto o número de faltas dos obesos era quase o dobro.

Segundo a pesquisadora Erica Lubetkin, uma das coordenadoras do estudo, os dados estão longe de afirmar que o cigarro não é prejudicial à saúde, pelo contrário. O objetivo do levantamento foi mostrar que o esforço de todas as campanhas contra o cigarro e pela qualidade de vida pode se perder por causa dos índices crescentes de obesidade. "O índice de mortalidade está aumentando por causa da obesidade. Embora a expectativa de vida tenha aumentado nas últimas décadas, esse número poderá cair novamente se a população mundial continuar a engordar", escreveu na publicação científica.

Para Erica, a diferença entre o cigarro e o excesso de peso é que os danos do cigarro costumam aparecer mais rápido. Além disso, a obesidade ainda é um tabu. O número de campanhas que alertam para os perigos de ser obeso é baixo e poucos especialistas em saúde conversam com seus pacientes sobre a necessidade de emagrecer.

(O Globo Online)

(Fonte: http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/mundo/conteudo.phtml?tl=1&id=960761&tit=Estudo-indica-que-ser-gordo-pode-ser-pior-do-que-fumar )

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Para o Ano Novo


"Se você está no auge, inicie outro ciclo.

O melhor momento para recomeçar é sempre antes do declínio."

(Daniel Piza)


"As sementes da vida precisam ser semeadas com paz e amor para poderem gerar o alimento que precisamos para viver...

Vivendo o presente com sabedoria e plenitude para que o ontem seja um sonho de felicidade e cada amanhã uma visão de esperança."

(Autor Desconhecido).